"O Portal Top em Notícias do Sul”

ECONOMIA: Emater recupera Filantropia por mais três anos - RS

12/03/2014 10:50

A comemoração se espalhou nesta terça-feira pelo parque de exposições da Expodireto, em Não-Me-Toque, no norte gaúcho, depois do anúncio, feito a 280 quilômetros de distância, no Palácio Piratini, de que a Emater/Ascar ficará isenta de pagar contribuições sociais até março de 2017. Sem o atestado de filantropia, a entidade corria o risco de fechar as portas.

O Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas), concedido pela ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, garante ao menos por três anos a sobrevivência da entidade.

O documento não elimina o passivo de cerca de R$ 2 bilhões cobrado na Justiça pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a título de dívida previdenciária e outras obrigações sociais. Pode ao menos impedir uma execução judicial.

O órgão presta serviços gratuitos de assistência técnica e extensão rural a 250 mil famílias de agricultores familiares.

A concessão do certificado, que será confirmada hoje em publicação no Diário Oficial da União, atende a um pedido feito pela Emater/Ascar em 2003, depois de o Conselho Nacional de Assistência Social acatar uma representação do INSS questionando o caráter filantrópico da entidade.

– A certificação só foi possível por que o pedido foi feito em 2003, e analisamos a legislação à época, que permitia à Emater ser enquadrada como entidade beneficente – explicou a ministra, ao lado do governador Tarso Genro, que celebrou a entrega.

– A Emater é uma entidade importante para a agricultura familiar, e sem o certificado poderia deixar de existir em médio prazo – afirmou Tarso.

Funcionários comemoram em uma festa improvisada

Poucas horas depois do anúncio em Porto Alegre, funcionários da Emater estouraram dezenas de balões brancos em uma festa improvisada em Não-Me-Toque. O presidente do órgão, Lino De David, disse estar aliviado:

– Se eu falar demais, vou me emocionar. Em 54 anos, nunca vi uma luta que unificou o Estado assim – afirmou David, ao relatar que a batalha pelo retorno da filantropia da Emater/Ascar uniu políticos de todos os partidos.

Pela estimativa do dirigente, o certificado garante que o órgão deixe de pagar R$ 60 milhões por ano.

Pendências no passado e para o futuro

Embora tenho obtido o certificado de filantropia, a Emater/Ascar-RS ainda tem de discutir a dívida de R$ 2 bilhões que ficou pendurada. O documento tem prazo de validade até março de 2017. Um grupo de trabalho integrado por Emater, Estado e União e criado em dezembro de 2013, passará a tratar da dívida acumulada com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), segundo o presidente da entidade, Lino De David. O dirigente não reconhece a dívida e avalia que o órgão deveria ficar livre do débito.

Duas alternativas serão analisadas pelo grupo: uma negociação administrativa com a União e um acordo judicial.

A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, acrescentou que essa comissão incluirá representantes do Tesouro Nacional, para “buscar uma solução definitiva para a entidade”.

Outro problema é o fato de o certificado não poder ser renovado depois de expirar, em março de 2017, pois contraria a legislação atual, que inclui regras específicas de assistência social.O Sistema Único de Assistência Social, em vigor atualmente, não contemplaria a Emater/Ascar, uma entidade privada sem fins lucrativos, como um órgão beneficente.

– Não temos plano B. Vamos adequar a Emater para manter a filantropia, com ajustes na legislação – afirmou David.

Problema se arrasta há mais de 20 anos

Por que havia risco de a Emater encerrar o trabalho no Rio Grande do Sul?
Quando foi criada, em 1971, a Emater no Rio Grande do Sul teve uma formatação diferente da que foi feita no restante do país. No Rio Grande do Sul, a entidade foi unificada com a Ascar, fundada em 1955, e passou a atuar como uma entidade privada sem fins lucrativos, e denominada, desde então, Emater/Ascar. Nos outros Estados, a Emater é um órgão público.

Que dívida está sendo cobrada da Emater?
Em 1992, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa notificar a entidade por contribuição previdenciária patronal não arrecadada. A regra prevê contribuição de 20% sobre a folha de salários. No mesmo período, o INSS pedia a retirada do benefício de filantropia, o que ocorreu em 2003, quando o Conselho Nacional de Assistência Social acaiou representação do instituto. A dívida com o INSS, somando a cobrança de diferentes períodos, alcança cerca de R$ 2 bilhões.

Por que a filantropia é importante para a manutenção do serviço?
Se a Emater/Ascar perder a filantropia em definitivo, corre o risco de quebrar. O patrimônio da empresa é inferior a R$ 30 milhões e a receita anual gira em torno de R$ 290 milhões.

A Emater/Ascar cobra pelo serviços que presta?
A entidade não cobra serviços de assistência técnica prestados ao produtor, mas recebe em projetos de crédito para o setor rural, como seguro agrícola e Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, e em serviços de classificação e certificação de produtos para empresas.

Por que o caso voltou à tona?
Com a dívida com o INSS se acumulando, a Emater/Ascar passou a correr o risco de ter as contas bloqueadas, o que impediria a operação dos serviços. Em 2011, políticos e representantes de entidades ligadas ao campo entraram com ação popular e conseguiram uma liminar assegurando a filantropia da empresa. Esta liminar foi mantida em três oportunidades (no período de janeiro a setembro de 2013) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF). Em outubro do ano passado, porém, uma nova decisão judicial extinguiu a liminar alegando que não caberia, neste caso, ação popular. Agora, os defensores da manutenção da filantropia pedem que o tribunal reestabeleça a liminar, mesmo antes de analisar em definitivo o recurso de apelação, evitando o prosseguimento das ações de execução que a União move contra a Ascar.

 

Fonte: Agito RS

Notícias:

19/04/2018 23:02

PUBLICIDADE: Confira as Ofertas do Mercado, Padaria e Açougue Fockink - Crissiumal - RS

Ofertas Válidas 20/04/2018 até 01/03/2018 ou Enquanto Durar o Estoque! Venha para o Mercado, Padaria e Açougue Fockink em Crissiumal – RS Fonte: Mercado, Padaria e Açougue Fockink Post. Eloídes Nunes
19/04/2018 21:16

PUBLICIDADE: Confira o Promocional do Mês de Abril em Locações na Loja de Odilon Noivas e Noivos em Crissiumal - RS

A Loja de Odilon Noivas e Noivos uma loja Pioneira na região em Locações de Roupas Sociais para Festas e Eventos: Vestidos de Noiva, Daminha, Primeira Comunhão e Roupas para Noivos, Padrinhos e Convidados tudo em Trajes a Rigor e Sociais: Masculinos e Infantis, além de Camisas, Sapatos, Blazer e...
19/04/2018 17:42

GERAL: JSM de Crissiumal recebe a visita do 9º Batalhão Logístico de Santiago - RS

No final da manhã desta quarta-feira, dia 18 abril, a 24ª Junta de Serviço Militar-JSM de Crissiumal recebeu a visita de orientação técnica do 9º Batalhão Logístico de Santiago. Visitaram o Município o 1º Ten. Clécio Hinterholz e o Sd. Willian Reinheimer, os quais foram recepcionados pela equipe...
19/04/2018 17:24

GERAL: Equipe da Secretaria de Assistência Social de Crissiumal participou de encontro da DAS

A equipe da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Crissiumal, participou na manhã desta quarta-feira, dia 18 de abril, do encontro de interiorização do DAS-Departamento de Assistência Social, com as coordenadoras do serviço da região celeiro, na sede da AMUCELEIRO, em Três...
19/04/2018 17:10

TRÂNSITO: Agricultor de 76 anos morre atropelado por máquina agrícola em São José do Inhacorá - RS

Um possível acidente de trabalho por volta do meio dia desta quinta-feira (19) tirou a vida de Beno Léo Haupenthal, 76 anos, morador na localidade da Linha Da Barra- São José do Inhacorá. Ele trabalhava em sua propriedade com um trator Massey Ferguson e teria sido atingido pela própria máquina...
19/04/2018 17:03

CULTURA: Governador do RS sanciona lei que reconhece importância cultural da prova Freio de Ouro

Um dos eventos mais tradicionais do Rio Grande do Sul ganhou destaque importante nesta quarta-feira, 18 de abril. O governador José Ivo Sartori sancionou a lei que reconhece a prova Freio de Ouro como de relevante interesse cultural...
19/04/2018 16:31

ESPORTES: Nova Candelária sediará torneio de futsal masculino e feminino nas categorias de base

A partir de uma iniciativa do desportista Valdevan Silva, popularmente conhecido como Paulista, em parceria com o CMD de Nova Candelária, nos dias 28 e 29 de abril, o ginásio da Escola Nossa Senhora da Purificação será sede do torneio de futsal masculino e feminino nas categorias de base. No...
19/04/2018 16:06

MUNDO: União Europeia ameaça impor sanções adicionais contra Venezuela

A União Europeia disse nesta quinta-feira (19) que pode impor sanções adicionais contra a Venezuela se acreditar que a democracia está comprometida no país, depois que o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, convocou eleições para maio. A oposição afirma que irá boicotar o pleito. A chefe de...
19/04/2018 15:44

GERAL: Morre bombeira voluntária que teve corpo queimado após celular incendiar

Morreu, nesta madrugada, a bombeira voluntária Gislene Martins Goulart, de 34 anos. A morte foi confirmada por volta das 5 horas. Ela ficou gravemente ferida após um incêndio provocado por um curto circuito em um celular. Parte do apartamento dela também pegou fogo. Gysa, como era conhecida,...
19/04/2018 15:28

POLÍTICA: José Dirceu tem recurso negado pelo TRF-4 e pena de mais de 30 anos é mantida na Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) rejeitou hoje (19) mais um recurso do ex-ministro José Dirceu, os embargos infringentes que ele havia interposto contra sua condenação a 30 anos e nove meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização...

Contato

TopSul Notícias - O Portal Top em Notícias do Sul!

topsulnoticias@gmail.com
topsulcrissiumalrs@gmail.com

Cel.: (55) 9.9148-8420

Pesquisar no site

-

www.topsulnoticias.com.br - TopSul Notícias.

© 2013 - 2018 - Todos os direitos reservados.