"O Portal Top em Notícias do Sul”

PLANTÃO POLICIAL: MP Deflagra operação no esquema de vendas de carros em leilões do Detran - RS, PR e SP

27/08/2013 13:42

Em nota, Detran gaúcho diz que vai instaurar processos administrativos

Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo são alvos de investigação que apontou fraudes nas autarquias

Em razão da operação deflagrada pelo Ministério Público (MP) para investigar susposta fraude nos Departamentos de Trânsito (Detran) do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo, a autarquia gaúcha emitiu uma nota no final da manhã desta terça-feira. 

O Detran gaúcho informou que está fornecendo dados para colaborar com o MP e que também tem interesse em apurar as irregularidades apontadas na investigação, que envolveriam pessoas ligados à autarquia. 

A autarquia garantiu que irá instaurar processos administrativos em relação aos funcionários envolvidos e relatou que todos devem ser penalizados em caso de comprovação das irregularidades. Citado na investigação, o Centro de Registro de Veículos Automores de Alvorada (CRVA) foi suspenso por meio de medida cautelar. 

Além disso, 12 agentes investigados – Identificadores de documentação veicular  –foram suspensos. O Detran deixa claro na nota que irá formar ao lado do MP uma força-tarefa para analisar documentos e registros que possam colaborar com a Operação Rousseau III. 

O Ministério Público do Rio Grande do Sul e o Detran realizaram operação na manhã desta terça-feira (27) contra fraudes envolvendo o comércio de carros comprados em leilões. Os veículos batidos são revendidos sem a observação dos envolvidos em acidentes, o que aumentava o valor de mercado. A alteração era feita no sistema do Detran. São cumpridos 25 mandados de busca no estado, no Paraná e em São Paulo.

Os alvos dos mandados são vendedores de carros, despachantes e o Detran dos três estados. De acordo com a investigação, quase 5 mil veículos foram negociados no Rio Grande do Sul a partir da fraude. Segundo os promotores, os carros eram comprados em leilões de São Paulo e depois transferidos para municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre. Os mandados também foram cumpridos no Paraná porque alguns dos carros eram transferidos no estado antes de chegar ao RS.

Em Alvorada, a fraude ocorria no Cartório de Registro de Veículos Automotores (CRVA), escritório credenciado ao Detran. O local foi alvo de buscas na manhã desta terça-feira. Os funcionários são suspeitos de apagar dos computadores um registro obrigatório por lei: a observação de que os veículos eram sinistrados. Sem isso, o valor de mercado dos automóveis aumentava até 200%.

 

Fonte: DETRAN/ MP -RS

Post. Eloídes Nunes.

Contato

TopSul Notícias - O Portal Top em Notícias do Sul!

topsulnoticias@gmail.com
topsulcrissiumalrs@gmail.com

Cel.: (55) 9.9148-8420

Pesquisar no site

-

www.topsulnoticias.com.br - TopSul Notícias.

© 2013 - 2017 - Todos os direitos reservados.