"O Portal Top em Notícias do Sul”

MULHER: Cantada de rua: Abordar mulheres desconhecidas em lugares públicos é agressivo - Só um pedido. Parem!

12/09/2013 10:36

Abordar mulheres desconhecidas em lugares públicos é agressivo. Pesquisa aponta que 83% das mulheres não gostam das cantadas de rua.

Ao contrário do que supõem os homens, mesmo sem nunca terem parado para perguntar como se sentem suas amigas, namoradas ou irmãs, as mulheres não gostam da abordagem feita por estranhos.

Segundo a pesquisa, 83% das mulheres não gostam do assédio nas ruas. A pergunta que sempre surge, como se qualquer coisa na vida da mulher tivesse o fim de se relacionar com um homem, é "como vamos paquerar agora?". Paquerando, oras. Paquera e assédio são duas coisas completamente diferentes. A primeira pressupõe o engajamento de todos os envolvidos. Isto é, existe reciprocidade. O assédio é diferente: o homem se acha no direito de importunar uma mulher que está indo para o trabalho, para academia, ou apenas tomando um sorvete.

São locais e situações que não oferecem segurança e conforto às mulheres. Nem mesmo na balada, local onde, segundo o senso comum as pessoas estão na guerra, o assédio deve acontecer. Reciprocidade, sempre. É incrível ter de explicar isso ainda hoje. E é necessário, pois 90% das mulheres já trocaram de roupa pensando no assédio. Oito a cada dez mulheres deixou de fazer algo com medo de ser assediada. O mesmo número diz ter sido assediada na balada, com puxões de cabelo e sendo seguradas pelo braço.

Isso é paquera?

Isso é saudável?

 

Alguma mulher já saiu correndo atrás do motorista de um carro qualquer que buzinou para ela ou fez comentários sobre alguma parte do corpo dela, constrangendo-a publicamente?

 Com a pesquisa realizada nas redes sociais, vindas de não feministas, já temos um panorama importante: assédio nunca é legal. Não é lisonjeiro, não faz bem pra autoestima, não deixa a mulher confortável. Chega de fiu fiu.

 

FONTE: Carta Capital

Post. Eloídes Nunes.

Contato

TopSul Notícias - O Portal Top em Notícias do Sul!

topsulnoticias@gmail.com
topsulcrissiumalrs@gmail.com

Cel.: (55) 9.9148-8420

Pesquisar no site

-

www.topsulnoticias.com.br - TopSul Notícias.

© 2013 - 2017 - Todos os direitos reservados.