"O Portal Top em Notícias do Sul”

FUTEBOL: O Gre-Nal em 10 momentos: relembre o primeiro clássico da história da Arena

05/08/2013 02:33

Polêmicas, discussões, expulsões, gols de centroavante: o embate de número 397 entre Grêmio e Inter

O Gre-Nal em 10 momentos: relembre o primeiro clássico da história da Arena Félix Zucco/Agencia RBS

Werley chuta a bola diante da marcação de Damião: duelo entre zagueiro e centroavante Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Em 104 anos de história, nunca foi muito diferente. Neste domingo, o Gre-Nal de número 397 — o primeiro da recente história da Arena do Grêmio — terminou empatado em um jogo caracterizado pela marcação e pela rivalidade à prova. Foram dois gols, marcados pelos centroavantes de Inter e Grêmio, em um intervalo de pouco mais de dois minutos.



As discussões ásperas, que começaram no primeiro tempo, continuaram no segundo. Ao todo, o árbitro Fabrício Neves Correa — bastante criticado por ambos os lados — distribuiu sete cartões amarelos. E três vermelhos.

Da conversa ao pé do ouvido entre Renato e D'Alessandro à expulsão controversa de Fabrício, relembre o clássico em 10 momentos.

1 - Barcos abre o placar

 


Foto: Fernando Gomes

Kleber arrancou do lado esquerdo de ataque em direção à área após receber passe de Elano. Passou bem pela marcação, mas parou em Willians. Os colorados reclamam que o atacante gremista "procurou", ou seja, cavou o pênalti. De qualquer forma, há o tranco do volante. Na cobrança, aos 18 minutos, Hernán Barcos entrou para a história como o primeiro jogador a marcar gol em um clássico Gre-Nal na curta história da nova Arena do Grêmio. O centroavante argentino bateu forte, no canto esquerdo de Muriel, que pulou certo, mas não alcançou.

2 - Damião empata


Foto: Félix Zucco

Não passou de pouco mais de dois minutos a celebração tricolor na Arena. Aos 21 da primeira etapa, o também centroavante Leandro Damião empatou para o Inter. A jogada começou no meio, quando a torcida gremista ainda cantava alto, comemorando o gol de Barcos. Willians dominou na meia direita e partiu. Entre quartro marcadores, passou por três, seguiu em frente e, após belíssima jogada, prestes a entrar na área, levantou a cabeça e avistou Damião do outro lado, sozinho, pedindo a bola. O passe saiu perfeito. A conclusão, também.

3 - Adriano escapa do segundo amarelo
O volante do Grêmio Adriano foi o primeiro jogador a ser advertido com cartão amarelo no clássico deste domingo. Aos nove minutos, ele cometeu falta forte em D'Alessandro, literalmente levantando o argentino, que tentava dominar a bola de costas para o campo de ataque, no meio. Aos 33, Adriano fez nova falta em D'Alessandro, desta vez impedindo o meia colorado de progredir rumo a um contra-ataque. Seria lance para o segundo amarelo e a consequente expulsão do volante. Fabrício Neves Correa marcou apenas a falta.

4 - A opinião no intervalo
Ao fim do primeiro tempo, seis jogadores da dupla Gre-Nal opinaram a respeito dos 45 minutos iniciais do clássico. Alex Telles alertou para o gol do Inter a partir de um contra-ataque. Forlán resumiu: "jogo parelho". Riveros acreditava que o Grêmio estava "bem no jogo". Crítico, Damião observou que o Inter precisava melhorar na marcação e nos passes. O estreante zagueiro Rhodolfo comentou que o time tricolor necessitava "manter a tranquilidade". E D'Alessandro reclamou do lance em que sofreu a segunda falta de Adriano.

5 - Estrangeiros estreiam em Gre-Nal: Scocco e Maxi Rodríguez
Foram atuações discretas, mas suficientes para encher de esperança os torcedores de Inter e Grêmio. Dois estrangeiros contratados recentemente estrearam em clássicos: o atacante argentino Ignacio Scocco, pelo Inter, e o meia uruguaio Maxi Rodríguez, pelo Grêmio. Primeiramente, foi Scocco quem entrou, aos 23 minutos, no lugar de Forlán. E realizou uma boa jogada aos 35, quando dominou e bateu em curva, em bola que passou perto do gol de Dida. Rodríguez entrou três minutos depois, aos 26, conseguiu bons passes, ajudou na marcação e ainda cobrou uma falta, aos 39.

6 - A expulsão de Jorge Henrique

 


Foto: Jefferson Botega

Precisamente aos 31 minutos Barcos tentou se desmarcar para receber um passe em profundidade que o deixaria cara a cara com Muriel. Jorge Henrique, que atuou no segundo tempo na lateral direita, no lugar de Ednei (que tinha dado lugar a Fabrício, no meio), cometeu falta (duvidosa, pela falta de certeza do toque). Punido com o segundo amarelo, Jorge Henrique deixou o campo expulso. E o Inter, com um a menos.

7 - Fabrício leva o vermelho
De todos os lances discutíveis — ou os equívocos — cometidos pelo árbitro Fabrício Neves Correa, a expulsão do jogador Fabrício, do Inter, talvez seja o mais veementemente errado. Enquanto Ramiro segura o braço de Fabrício, o lateral/meia colorado tenta se desvencilhar e acerta um tapa no rosto do volante gremista. O resultado é uma expulsão direta em um lance que seria passível de cartão amarelo.

8 - Werley entra por cima e também é expulso


Foto: Félix Zucco

A impressão é de que o zagueiro gremista tenha perdido a cabeça no fim do jogo. Com dois jogadores a mais, o Grêmio (na foto, quem aparece é Bressan), ainda que sem tanta força, tentava pressionar o Inter. Quando a defesa colorada conseguiu ficar com a posse e tentou sair para o jogo, Willians prendeu e, quando a bola quicou, Werley levantou a perna e o acertou com força, com o joelho, erguendo também o pé direito. O zagueiro gremista foi expulso, diretamente.

9 - D'Alessandro fala com Renato


Foto: Fernando Gomes

Em meio à confusão estabelecida no final, após as expulsões de Fabrício e Werley, D'Alessandro se aproximou de Renato, na lateral do campo, e conversou com o técnico do Grêmio. Ambos trocaram palavras bem próximos um do outro. Na entrevista coletiva, o técnico gremista apenas comentou que "D'Alessandro é um grande jogador, é um jogador diferenciado". Fica a curiosidade do que ambos conversaram entre si, talvez para debater os lances ou para acalmar os ânimos em um fim de Gre-Nal tenso.

10 - Sem violência na Arena
À parte as reclamações de arbitragem de ambos os lados — e o pouco futebol apresentado pelas equipes —, o Gre-Nal 397 teve um fator muito positivo. Além da presença da torcida colorada — ainda que fossem apenas 1,5 mil torcedores —, não foi registrado uma ocorrência sequer na Arena. Se houve depredações e brigas em uma estação do Trensurb, em Sapucaia do Sul, no estádio, praça do jogo, nenhum problema ocorreu, o que é um ponto importante a ser ressaltado.

 

Fonte: ZH Esportes.

Post. Eloídes Nunes

Contato

TopSul Notícias - O Portal Top em Notícias do Sul!

topsulnoticias@gmail.com
topsulcrissiumalrs@gmail.com

Cel.: (55) 9.9148-8420

Pesquisar no site

-

www.topsulnoticias.com.br - TopSul Notícias.

© 2013 - 2017 - Todos os direitos reservados.