"O Portal Top em Notícias do Sul”

ECONOMIA: Emater recupera Filantropia por mais três anos - RS

12/03/2014 10:50

A comemoração se espalhou nesta terça-feira pelo parque de exposições da Expodireto, em Não-Me-Toque, no norte gaúcho, depois do anúncio, feito a 280 quilômetros de distância, no Palácio Piratini, de que a Emater/Ascar ficará isenta de pagar contribuições sociais até março de 2017. Sem o atestado de filantropia, a entidade corria o risco de fechar as portas.

O Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas), concedido pela ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, garante ao menos por três anos a sobrevivência da entidade.

O documento não elimina o passivo de cerca de R$ 2 bilhões cobrado na Justiça pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a título de dívida previdenciária e outras obrigações sociais. Pode ao menos impedir uma execução judicial.

O órgão presta serviços gratuitos de assistência técnica e extensão rural a 250 mil famílias de agricultores familiares.

A concessão do certificado, que será confirmada hoje em publicação no Diário Oficial da União, atende a um pedido feito pela Emater/Ascar em 2003, depois de o Conselho Nacional de Assistência Social acatar uma representação do INSS questionando o caráter filantrópico da entidade.

– A certificação só foi possível por que o pedido foi feito em 2003, e analisamos a legislação à época, que permitia à Emater ser enquadrada como entidade beneficente – explicou a ministra, ao lado do governador Tarso Genro, que celebrou a entrega.

– A Emater é uma entidade importante para a agricultura familiar, e sem o certificado poderia deixar de existir em médio prazo – afirmou Tarso.

Funcionários comemoram em uma festa improvisada

Poucas horas depois do anúncio em Porto Alegre, funcionários da Emater estouraram dezenas de balões brancos em uma festa improvisada em Não-Me-Toque. O presidente do órgão, Lino De David, disse estar aliviado:

– Se eu falar demais, vou me emocionar. Em 54 anos, nunca vi uma luta que unificou o Estado assim – afirmou David, ao relatar que a batalha pelo retorno da filantropia da Emater/Ascar uniu políticos de todos os partidos.

Pela estimativa do dirigente, o certificado garante que o órgão deixe de pagar R$ 60 milhões por ano.

Pendências no passado e para o futuro

Embora tenho obtido o certificado de filantropia, a Emater/Ascar-RS ainda tem de discutir a dívida de R$ 2 bilhões que ficou pendurada. O documento tem prazo de validade até março de 2017. Um grupo de trabalho integrado por Emater, Estado e União e criado em dezembro de 2013, passará a tratar da dívida acumulada com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), segundo o presidente da entidade, Lino De David. O dirigente não reconhece a dívida e avalia que o órgão deveria ficar livre do débito.

Duas alternativas serão analisadas pelo grupo: uma negociação administrativa com a União e um acordo judicial.

A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, acrescentou que essa comissão incluirá representantes do Tesouro Nacional, para “buscar uma solução definitiva para a entidade”.

Outro problema é o fato de o certificado não poder ser renovado depois de expirar, em março de 2017, pois contraria a legislação atual, que inclui regras específicas de assistência social.O Sistema Único de Assistência Social, em vigor atualmente, não contemplaria a Emater/Ascar, uma entidade privada sem fins lucrativos, como um órgão beneficente.

– Não temos plano B. Vamos adequar a Emater para manter a filantropia, com ajustes na legislação – afirmou David.

Problema se arrasta há mais de 20 anos

Por que havia risco de a Emater encerrar o trabalho no Rio Grande do Sul?
Quando foi criada, em 1971, a Emater no Rio Grande do Sul teve uma formatação diferente da que foi feita no restante do país. No Rio Grande do Sul, a entidade foi unificada com a Ascar, fundada em 1955, e passou a atuar como uma entidade privada sem fins lucrativos, e denominada, desde então, Emater/Ascar. Nos outros Estados, a Emater é um órgão público.

Que dívida está sendo cobrada da Emater?
Em 1992, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa notificar a entidade por contribuição previdenciária patronal não arrecadada. A regra prevê contribuição de 20% sobre a folha de salários. No mesmo período, o INSS pedia a retirada do benefício de filantropia, o que ocorreu em 2003, quando o Conselho Nacional de Assistência Social acaiou representação do instituto. A dívida com o INSS, somando a cobrança de diferentes períodos, alcança cerca de R$ 2 bilhões.

Por que a filantropia é importante para a manutenção do serviço?
Se a Emater/Ascar perder a filantropia em definitivo, corre o risco de quebrar. O patrimônio da empresa é inferior a R$ 30 milhões e a receita anual gira em torno de R$ 290 milhões.

A Emater/Ascar cobra pelo serviços que presta?
A entidade não cobra serviços de assistência técnica prestados ao produtor, mas recebe em projetos de crédito para o setor rural, como seguro agrícola e Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, e em serviços de classificação e certificação de produtos para empresas.

Por que o caso voltou à tona?
Com a dívida com o INSS se acumulando, a Emater/Ascar passou a correr o risco de ter as contas bloqueadas, o que impediria a operação dos serviços. Em 2011, políticos e representantes de entidades ligadas ao campo entraram com ação popular e conseguiram uma liminar assegurando a filantropia da empresa. Esta liminar foi mantida em três oportunidades (no período de janeiro a setembro de 2013) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF). Em outubro do ano passado, porém, uma nova decisão judicial extinguiu a liminar alegando que não caberia, neste caso, ação popular. Agora, os defensores da manutenção da filantropia pedem que o tribunal reestabeleça a liminar, mesmo antes de analisar em definitivo o recurso de apelação, evitando o prosseguimento das ações de execução que a União move contra a Ascar.

 

Fonte: Agito RS

Notícias:

21/11/2017 17:45

GERAL: Médico urologista Cláudio Polo palestrou sobre o novembro azul em Nova Candelária - RS

Mais de 170 homens com mais de 55 anos participaram da palestra sobre a conscientização do Câncer de Próstata, em Nova Candelária Com o principal objetivo de alertar aos homens para os cuidados com o câncer de próstata, para a realização dos exames preventivos e a importância de manterem a saúde...
21/11/2017 17:29

GERAL: Nova Candelária em clima de natal

As luzes e enfeites já anunciam a chegada da época mais esperada do ano Uma das épocas mais esperadas do ano está se aproximando. O nascimento do menino Jesus espalha nas comunidades um clima de paz e um sentimento de amor profundo pelo verdadeiro significado do Natal. Para acompanhar esta...
21/11/2017 17:15

SAÚDE: Unidades de Saúde de Três Passos são climatizadas

Pensando no bem-estar e conforto dos usuários do sistema público de saúde e dos servidores, a Administração Municipal de Três Passos, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, equipou as Estratégias de Saúde da Família (ESF) com condicionadores de ar.   Além de beneficiarem as unidades de...
21/11/2017 16:59

GERAL: Governador e ministro estiveram em Porto Mauá para inauguração do reperfilamento e restauração da ERS 344

Na segunda-feira, 20 de novembro de 2017, o Governador do Estado, José Ivo Sartori, o Ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Gasparini Terra e comitiva, estiveram no Município de Porto Mauá, das 11h30min às 13h35min, para inauguração do reperfilamento do asfalto da ERS 344, entre os...
21/11/2017 16:46

EDUCAÇÃO: Professora Lurdes Dresh assume coordenação da 21ª CRE de Três Passos - RS

A partir de hoje, 21 de novembro, a 21ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE / Três Passos) tem nova titular. Trata-se da professora Lurdes Dresch que até então, no governo de Ivo Sartóri, ocupava a vaga de coordenadora adjunta. A designação consta no Diário Oficial do Estado. É a quarta vez...
21/11/2017 16:27

UTILIDADE PÚBLICA: : Receita Estadual cancela envio de cartas do IPVA 2018 pelos Correios

O Detran não vai mais enviar a carta de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) aos proprietários de veículos pelos Correios. A decisão foi em conjunto com a Receita Estadual. A partir de agora o encaminhamento de correspondências referentes ao IPVA 2018 ocorre exclusivamente...
21/11/2017 16:08

GERAL: Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto

A partir de hoje, 21 de novembro, os cartórios de registro civil podem começar a adotar os novos modelos de certidões de nascimento, casamento e óbito definidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As alterações visam a facilitar registros de paternidade e maternidade de filhos não biológicos e...
21/11/2017 15:50

EDUCAÇÃO: Abre o prazo para matrículas nas escolas municipais de Sede Nova - RS

Abriu ontem o prazo para matrículas e rematrículas nas escolas municipais de Sede Nova. Os pais têm até o próximo dia 20 de dezembro para inscrever os alunos. As informações constam em edital assinado pelo prefeito José Elias Paz.   As matrículas no Ensino Fundamental e turmas do Jardim I e...
21/11/2017 15:31

TRÂNSITO: Acidente na RS 400 deixa uma pessoa morta na rodovia que liga Candelária a Sobradinho - RS

Um acidente de trânsito por volta das 10h desta terça-feira (21) deixou uma pessoa morta e outra gravemente ferida no km 12 da RS 400, rodovia que liga Candelária a Sobradinho. Segundo informações do Corpo de Bombeiros Voluntários de Candelária, o condutor de uma carreta com placas de...
21/11/2017 15:18

PLANTÃO POLICIAL: Polícia prende dois acusados por tráfico de drogas em Tenente Portela - RS

Por volta das 22h de ontem, policiais civis de Tenente Portela e da 22ª Delegacia de Polícia Regional/Três Passos, em conjunto com a Brigada Militar de Tenente Portela, prenderam em flagrante dois indivíduos que ocupavam um táxi e levavam para Tenente Portela 103g de crack, além de portar um...

Contato

TopSul Notícias - O Portal Top em Notícias do Sul!

topsulnoticias@gmail.com
topsulcrissiumalrs@gmail.com

Cel.: (55) 9.9148-8420

Pesquisar no site

-

www.topsulnoticias.com.br - TopSul Notícias.

© 2013 - 2017 - Todos os direitos reservados.